Varejo prevê saldo de 105 mil novos empregos em 2019

105 mil
A criação de empregos no País não tem sido suficiente para suplantar a necessidade de vagas

A Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) projeta para 2019 um saldo positivo de 105 mil postos de trabalho em todo o varejo brasileiro. Se confirmado, esse será o maior quantitativo de vagas abertas no setor desde 2014 (154,4 mil).

Entretanto, o desempenho econômico até agora leva entidade a reduzir de 5,4% para 4,9% previsão para vendas este ano. Em maio, 52,7% dos varejistas consideraram as condições atuais da economia melhores que há um ano – percentual menor do que o registrado há três meses (59,9%).

Ainda assim, esse percentual se mostra maior que o verificado em maio de 2018 (42,7%). Já o indicador que mede as perspectivas de melhora da atividade econômica para os próximos meses registrou a terceira queda mensal consecutiva (-2,1%).

Mesmo assim, 92,2% dos entrevistados mantêm o otimismo que, mesmo em alta, passa por um processo de redução gradativo (em fevereiro, por exemplo, o percentual era de 95,3%).