Marquise/Ecofor promove limpeza da 'Praia dos Crush'

praia
Um espaço coletivo que precisa ser utilizado, mas também conservado por todos Foto: Prefeitura de Fortaleza

A conhecida “Praia dos Crush”, na orla de Fortaleza, é cenário de muita movimentação e eventos, mas frequentemente a população deixa de lado a limpeza do lugar. Neste domingo (14), o Grupo Marquise e Ecofor Ambiental promovem ação para marcar o Dia Mundial de Limpeza de Praia, que transcorre no dia 21 de setembro . 

“O objetivo é que todos despertem para o cuidado com o Meio Ambiente e as pessoas chamem para si a responsabilidade de manter esse espaço, bem como toda a cidade, limpos. A praia é de todos, logo merece ter o cuidado de todos”, explica Vini Fernandes, gerente de marketing do Grupo Marquise. 

A ação foi criada pela agência de publicidade Bravo BBG e consiste no posicionamento de cadeiras salva-vidas, porém, em vez de em frente para o mar, elas ficarão voltadas para a areia, com atores vestidos com camisetas “salva-praia”, em alusão à figura do salva-vidas. Os mesmos observarão quem jogou lixo na areia e realizarão a ação educativa de forma lúdica e criativa.

ArtePraia

A iniciativa faz parte de um projeto bem maior e mais abrangente que o Grupo Marquise e Ecofor desenvolverão, em parceria a House Cultura & Cidadania e patrocínio do Ministério da Cultura, por meio da Lei de Incentivo à Cultura, no próximo ano, em Fortaleza: o ArtePraia consiste em intervenções artísticas nas praias, esse ambiente plural onde as pessoas estão descontraídas.

A proposta é fazer com que os frequentadores do local interajam com a arte – que ocupa o espaço de areia da praia – e ao mesmo tempo despertem para a importância da preservação do Meio Ambiente. Os palcos serão as mais diversas praias da capital: Praia de Iracema e do Futuro, por exemplo.

“A aposta é que as pessoas possam provocar nelas mesmas situações mais reflexivas do que as que vivenciam em lugares como uma sala de exposição ou um museu, por exemplo. Na praia, as pessoas estão relaxadas e podem se aproximar das obras sem impedimentos preconcebidos”, pontua Gustavo Wanderley, da House Cultura & Cidadania. O trabalho já é realizado desde 2012, em Natal (RN).

A Ecofor visa despertar nas pessoas a importância de preservar a vida marinha, pois o bem-estar do planeta está diretamente ligado às condições dos oceanos, afinal, são eles que produzem a metade do oxigênio disponível, controlam as condições climáticas e fornecem alimentos a milhões de pessoas.