Hard Rock Hotel está com quase 50% das unidades vendidas

scchierolli
Conceito de multipropriedade do Hard Rock Hotel Fortaleza foi apresentado por Samuel Scchierolli a corretores de todo o País. Hotel está com inauguração prevista para 2020

O Residence Club at Hard Rock Hotel Fortaleza tem previsão de inauguração em dezembro de 2020 e já possui quase 50% das unidades comercializadas. Uma comitiva formada por 26 presidentes dos Conselhos Regionais de Corretores de Imóveis (Creci) do Brasil vieram conferir o conceito de multipropriedade, modelo imobiliário do formato que estão configurados os empreendimentos da Venture Capital Investimentos SA (VCI).

As lideranças dos corretores de imóveis estiveram na sede da Venture Capital Investimentos SA, na Avenida Desembargador Moreira, 1080. Durante o evento, o presidente da VCI, Samuel Sicchierolli, empresa responsável pela incorporação e comercialização da marca Hard Rock no Brasil, apresentou os empreendimentos de Fortaleza e Ilha do Sol (PR). 

“A fração imobiliária é o modelo imobiliário que mais cresce no mundo. E os projetos da VCI estão configurados dentro da nova Lei de Multipropriedade, além de serem referência no mercado. A presença da cúpula do Creci de todo o País aqui mostra a credibilidade dos nossos projetos”, ressalta Sicchierolli, se referindo à Lei 13.777, promulgada em 20 dezembro de 2018, que regulamenta a multipropriedade imobiliária. 

Como funciona

O conceito de multipropriedade consiste em um grupo de pessoas que compra um mesmo imóvel para lazer ou investimento e o usufrui em datas alternadas, pré-definidas no momento do contrato, com a respectiva matrícula em cartório de imóveis. A segunda propriedade familiar traz, além do benefício de possuir a escritura definitiva do patrimônio, a possibilidade de usufruir de um complexo 5 estrelas, com alta qualidade de serviço, pagando um valor proporcional, nas semanas que são designadas ao comprador. 

Vantagem

“Após a aprovação da nova lei, ficou bem definido o que é multipropriedade, um sistema vantajoso porque não há necessidade de um investimento milionário para se ter acesso a um imóvel de alto padrão. O interessado pode comprar uma fração e usufruir do imóvel. E no caso específico do Residence Club at the Hard Rock, usufruir não só no Ceará, mas no Brasil e no mundo, porque trata-se de uma bandeira internacional respeitada por sua organização e seus critérios, daí o sucesso nas vendas”, diz Tibério Benevides, presidente do Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado do Ceará.

Segundo Benevides, existe a possibilidade de intercâmbio, pois a compra no Residence Club at The Hard Rock Hotel permite trocar as duas semanas de uso por diárias em outros hotéis do mundo que façam parte da RCI, rede da qual a Hard Rock Hotel participa.

Geraldo Nascimento, presidente do Creci do Distrito Federal, faz coro com Tibério. Ele ressalta que embora a multipropriedade seja uma novidade no Brasil para os corretores, já é um sucesso, pois é fácil para quem vende e para quem compra. “A pessoa que adquire está comprando as suas férias. E toda essa aceitação (à multipropriedade) ocorre em um cenário que ainda não saiu da crise, pois trata-se de um produto acessível”, diz, seguido de Antonio Mozart, presidente do Creci de Santa Catarina. “Aposto nessa nova modalidade de multipropriedade porque ela oportuniza termos o documento do imóvel, a escritura, nos tornando realmente proprietários”, conclui.