Villa Padoca investe R$ 1,5 mi e aposta no honest food

padoca
Com espaços mistos e diferentes destinações e serviços, a nova casa vem atraindo o interesse cada vez maior dos consumidores Foto: Regina Carvalho

Com o investimento de mais de R$ 1,5 milhão e a geração de 55 empregos diretos e 200 indiretos nasceu o Villa Padoca. O projeto surgiu de uma brincadeira entre dois amigos estrangeiros, que já moram no Ceará há mais de oito anos, um arquiteto português e o outro empresário italiano do ramo de telecomunicações, que pensaram em montar inicialmente um coffee shop.

Depois de encontraram um galpão bem localizado, na Avenida Washington Soares, 720, nas imediações do Shopping Iguatemi, maturaram a ideia e instalaram um complexo de serviços e gastronomia, que funciona das 7 da manhã à meia noite.

Pedro Lara, o sócio arquiteto do empreendimento, conta que o desafio foi transformar um galpão que era um espaço com caráter industrial, e inserí-lo dentro do contexto do complexo. O design industrial foi adotado e predominou um ambiente acolhedor com materiais rústicos, capaz de agregar várias atividades e serviços.

Cafés, vinhos e boa música

O Villa Padoca opera desde o início do mês de setembro e oferece, ao mesmo tempo, logo a partir de cedo da manhã, cafeteria e delicatessen. Segue o boteco, a partir das 17h até à meia

pedrolara
Pedro Lara, arquiteto e empreendedor, investe na segmentação de serviços, gastronomia e lazer Foto: Regina Carvalho

noite, e um espaço de eventos que começa a funcionar a partir das 21 horas. Com isso, o faturamento ocorre o dia todo nos vários segmentos. 

Honest food

O diferencial do Villa Padoca é a setorização e cardápios independentes para distintos ambientes. Por área, cada espaço se paga. "O conceito que vem da Europa que é o honest food concept. Você sabe o que está adquirindo e a origem de qualidade, um conceito de comida honesta", ressalta Pedro Lara. São ingredientes e produtos saudáveis, acrescenta. Lembra que há também o diferencial dos funcionários de atendimento, barman e DJ. 

O perfil do consumidor da nova casa, segundo assinala o empreendedor, é especialmente formado por pessoas que residem na região de Guararapes, uma zona nobre, predominantemente com faixa etária de 35 a 45 anos e um bom poder aquisitivo, que quer pagar um preço justo e sabe escolher o serviço, destaca. 

Serviço

Villa Padoca
Av. Washington Soares, 720
Funcionamento das 7h à zero hora