Fabricante de embalagens vai investir mais R$ 10 mi no Ceará

adec
Presidente da WestRock no Brasil, Jairo Lorenzatto, ao lado de Eduardo Neves, da Adece, e de
Wilson Soares, gerente da unidade fabril de Pacajus Foto: Divulgação

Uma das companhias líderes produção de papel e embalagens de papelão ondulado, a multinacional Westrock anunciou um investimento de R$ 10 milhões ainda neste ano na unidade fabril do município de Pacajus, que mantém há 23 anos, segundo informou o presidente da Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece), Eduardo Neves. A empresa planeja fortalecer a presença da empresa nas regiões Nordeste e Norte com novas tecnologias e crescer 10% no volume de produção na fábrica cearense.

Em 2020 a empresa fechará um ciclo de seis anos de investimentos na fábrica cearense. Um aporte de R$ 100 milhões será contabilizado ao fim do período, conforme o presidente da WestRock no Brasil, Jairo Lorenzatto.

O crescimento industrial da região, bem como a demanda dos clientes foram as principais motivações da empresa para a realização da expansão. "Nos últimos 10 anos vimos um crescimento relativamente maior no Nordeste. No Ceará, especificamente, acima da média do Brasil", completou o executivo. 

Mercado responsivo

Para o presidente da Adece, Eduardo Neves, o aporte anunciado representa a importância do Estado e da Região Nordeste na produção industrial. "A WestRock produz embalagens de papelão ondulado para todos os segmentos. "Se há demanda é porque existe uma expansão econômica local. Nos anima ver que a marca investiu R$ 500 mil em projetos sociais na região somente em 2019", comenta Neves. 

Nas regiões Norte e Nordeste, a unidade da WestRock de Pacajus atende os mais variados mercados, como de alimentos, frutas, eletrodomésticos, frigorificados, calçados, entre outros. Nesta fase, a empresa começará a operacionalizar uma tecnologia exclusiva no Brasil que permite a impressão de cores em alta resolução sem redução da resistência estrutural das embalagens de papelão.

Há 77 anos em atividade no Brasil, a empresa possui unidades fabris em Blumenau (SC), Araçatuba (SP), Porto Feliz (SP) e planeja investir U$ 1 bilhão de 2011 até 2021.