Ceará capta cinco projetos de energia limpa

solar
O leilão de energia prevê o início do suprimento em janeiro de 2023

A energia renovável e limpa avança com a força dos ventos e do sol e o Ceará busca reconquistar o espaço de maior destaque nessa geração.

Em leilão de Geração de Energia A-4 destinado à contratação de energia de novos empreendimentos de fontes hidrelétrica, eólica, solar fotovoltaica e termelétrica a biomassa, o Estado conseguiu um bom desempenho.

Realizado no dia 28 de junho, em São Paulo, o certame prevê o início do suprimento a partir de janeiro de 2023. Foram contratados 401,6 MW de potência, a preço médio de R$151,15 por MWh.

De 1.581 projetos cadastrados, o Ceará captou 80% dos projetos solares e 30% da energia total contratada foram de empreendimentos instalados no Estado, que ficou com 5 empreendimentos dentre o total de 15. Os investimentos nas usinas devem gerar 4,5 mil empregos.