Ciee projeta abrir 62 mil vagas de estágio para 2021

estagio
As vagas deverão estar abertas entre os meses de dezembro e março de 2021 Foto: Freepik

Centro de Integração Empresa-Escola - CIEE espera abrir mais de 62 mil vagas de estágio e aprendizagem entre os meses de dezembro e março de 2021.

A época conta com o maior volume de oportunidades do ano e a projeção é baseada no período sazonal, ou seja, quando muitos contratos chegam ao fim do período de validade, ou a graduação é concluída, no caso de estudantes universitários. De acordo com a instituição, as vagas de estágio representam ao menos 82% das oportunidades, enquanto as de aprendizagem 18%. 

Impacto da Covid

A oferta poderia alcançar a marca 89 mil vagas no período, entretanto, a instituição já projeta uma queda de 30% nas contratações devido a pandemia causada pela Covid-19.

“Apesar da incerteza sobre os rumos da economia e da pandemia, percebemos uma recuperação das vagas nos últimos meses e uma boa aceitação das empresas pelas vagas de reposição previstas para final de 2020 e primeiro trimestre de 2021", esclarece Humberto Casagrande, CEO do CIEE. 

Cadastro

Para participar dos processos seletivos, jovens e adolescentes precisam estar cadastrados e com os dados atualizados no portal do CIEE. Vale lembrar que o programa de aprendizagem é voltado para jovens entre 14 e 24 anos incompletos que estão no Ensino Fundamental, Ensino Médio ou já concluíram os estudos. 

Dúvidas e esclarecimentos podem ser atendidas no “Fale com o CIEE” ou “Chat”, ambos localizados no portal da instituição, ou, ainda, no número 3003-2433 (o custo é de uma ligação local em qualquer região do País, mesmo que solicite DDD)

*A soma abrange apenas as vagas do CIEE São Paulo e não foram contabilizadas as oportunidades das unidades autônomas: Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná e Pernambuco

Desde sua fundação, há 56 anos, o CIEE se dedica à capacitação profissional de estudantes por meio de programas de estágio. Em 2003, abriu uma nova frente socioassistencial com a aprendizagem. Atualmente, administra o estágio de mais de  200 mil estudantes e a aprendizagem de mais de 100 mil adolescentes e jovens. Em paralelo, mantém uma série de ações socioassistenciais voltada à promoção do conhecimento e fortalecimento de vínculos de populações prioritárias.