Temporada de turismo estrangeiro atrai 156,4 mil ao Ceará

jeri
Paraíso tropical, Jericoacoara, é o destino desejado mundialmente e acolhe os visitantes, nestes quatro meses, sobretudo europeus que 'fogem' do frio em seus países de origem

Eles estão cada vez mais presentes nas terras cearenses, especialmente no litoral. O fluxo de turistas internacionais no Estado aquece nos meses de agosto a novembro e ganhou impulso ainda maior com o hub aéreo, centro de conexões da Capital cearense. A expectativa é de um incremento de 12,01% nos referidos quatro meses, segundo estimativa da Secretaria de Turismo do Ceará (Setur-CE), totalizando 156.429 visitantes do exterior, ante 139.653, em igual período do ano passado. Os dados foram levantados a pedido do Blog da Regina Carvalho. 

Agosto último já foi um mês de crescimento significativo na movimentação, com aumento de 13,01% na chegada dos estrangeiros, totalizando 37.436, ante 33.125 no mesmo mês do ano passado. Agora em setembro, o incremento deve ser ainda maior, com uma variação total estimada de 15,55%. O mês deverá fechar com 38.009 visitantes de outros países. 

Para outubro, são previstos 35.144 turistas, 8,56% a mais que em igual mês de 2018. Mas é novembro que terá o maior número absoluto de visitantes internacionais, atingindo 45.840, 11,10% acima do registrado em igual mês de 2018, quando vieram 41.261.   

Mas qual a origem de quem está vindo do exterior fazer turismo no Ceará de agosto a novembro? Os europeus são a maioria (66,6%), comprovando que as ligações aéreas internacionais da Air france/KLM e Gol, com o hub e os atrativos naturais do Estado, têm muito potencial para avançar. 

A França lidera somando 18,62% dos visitantes que chegam ao Estado, seguem a Alemanha, com 11,44%, Itália (10,63%), Portugal (10,12%), os Países Baixos (8,52%) e Suíça (5,09%). Na sequência, figuram no ranking Argentina (4,90%), Espanha (2,22%) e os EUA, com 2,14%.  Os outros países têm participação de 26,32%. 

jeri3
Os europeus totalizam uma participação de 66,6% dos turistas do exterior de agosto a novembro em visita ao Ceará

Serviços faturam

Para receber o público estrangeiro, diversos estabelecimentos da capital se preparam para o período. Um desses locais é o restaurante Jardim do Alchymist, especializado na gastronomia contemporânea. Com traços também da cultura italiana, a proposta do espaço é oferecer a experiência para os clientes desfrutarem um pouco da cozinha estrangeira com toques regionais.

“Nossa ideia é oferecer um pouco da regionalidade, sem perder o bom gosto das nossas raízes italianas. Para isso, o nosso espaço e arquitetura casam com uma proposta de bem-estar aos turistas estrangeiros. De todo montante de público que visita nossa casa, 30% são pessoas que residem em outro país e estão em Fortaleza como visitantes. Neste período de alta estação do turismo estrangeiro, a expectativa é de crescimento de até 50% desses visitantes”, conta Cléa Girão, diretora do restaurante.

Outros estabelecimentos listados pelo site TripAdvisor, plataforma que fornece informações e opiniões relacionadas ao turismo, figuram na lista dos melhores estabelecimentos com traços da cozinha europeia: Lô Restaurante, Casa Nostra, Marcel, Cantina Caravaggio, Mârques da Varjota, O Alemão, Bistro D’Europa, Cantina di Napoli e La France.


Jericoacoara

Mundialmente conhecida,Jericoacoara é um dos locais mais buscados pelos turistas do exterior. Segundo o consultor turístico Júlio César Borges, entre agosto e início de novembro se estabelece o pico do turismo internacional, principalmente europeu.

“Nos meses de junho e julho, quem visita mais Jericoacoara é o público argentino, sul americano. Em agosto, setembro e até o início de novembro é o período do público europeu. Em média, 80% franceses, 30% italianos e cerca de 20% vindos da Inglaterra e outros países”, aponta Borges.

O gerente da barraca, Gleidson Souza, aposta que o estilo do espaço, com traços de Verão Europeu, é o grande diferencial do local: bangalôs, tendas e pés nas águas límpidas. “No cardápio, temos uma variedade de pratos que vão de petiscos tradicionais, passando por pratos praianos, drinks seletos e sobremesas. A vedete do cardápio é o robalo na brasa, que serve até quatro pessoas e vem acompanhado de macaxeira frita, purê de batata, arroz branco, farofa e salada”, revela.

pizza
Fonte: Setur-CE

Hotelaria

Em se tratando de hotelaria, outro estabelecimentos do litoral cearense também projeta um público significativo oriundo do continente europeu. Laís Lopes, gerente de um hotel que fica na vila de Jericoacoara, ressalta que o local já está com 70% da ocupação somente de estrangeiros.

“A expectativa é fecharmos esse período que antecede os preparativos para iniciar as projeções do fim de ano com um acréscimo expressivo de 100% de turismo estrangeiro. Nas próximas duas semanas, é certeza de casa cheia. Jericoacoara, sem dúvida, é o local ideal para esses visitantes vindos da Europa e de todas as partes do mundo”, comemora Laís Lopes, gerente do Art Hotel.