Bohemia ensina ritual para comer caranguejada do jeito certo

caranguejo
Comer caranguejo é um verdadeiro ritual, que envolve quebrar patas e abrir cabeça do crustáceo. A Bohemia ensina a aproveitar essa tradição da melhor maneira Foto: Divulgação

Comer caranguejo é bom, mas nem sempre é uma tarefa fácil. Há quem se atrapalhe com as pernas, patas e cabeça na hora de tirar a carne do crustáceo.

A Bohemia, primeira cervejaria do Brasil e que abraçou a tradição da caranguejada com a campanha Boteco Bohemia: Quinta do Caranguejo, ensina como viver a caranguejoterapia da melhor forma.

Passo a passo

Quem dá as dicas são a advogada Melyssa Diniz, 24, e a assistente financeira Meire Abdalah, 40, nora e sogra que não perdem sequer uma quinta-feira a oportunidade de comer caranguejo, com direito a molho, farofa e uma cerveja bem gelada.

 

Sem perder nada

1º passo: as pernas

As patas menores são a parte mais fácil de comer do caranguejo, já que é possível quebrar a cascas com as próprias mãos ou com os dentes. Uma dica é tirá-las do corpo do caranguejo girando para um dos lados, para tirar mais da carne que fica antes das articulações. Se o caranguejo estiver bem cozido, a tarefa se torna mais fácil, já que a carne irá soltar das cascas com mais facilidade. Se não, é preciso cuidado para evitar que pedaços se percam.


É indicado começar a comer das unhas ao início da perna, já que dessa forma a carne se solta melhor. Nessa etapa, basta separar as articulações com as próprias mãos e chupar o conteúdo.


2º passo: as patas

Quem come caranguejo sabe que essa é a melhor parte, com maior fartura de carne. Como no caso das pernas, é interessante tirar as patas girando para tirar mais carne. Separe as articulações e bata levemente com o martelo para quebrar a casca. A dica é quebrar o caranguejo com a pata de lado, e não de frente. Isso evita que a carne se espatife na tábua.


Tente quebrar o mínimo possível, sem força, apenas o suficiente para retirar a carne. Se o caranguejo estiver bem cozido, é possível que a carne saia com bastante facilidade logo na hora de separar as articulações.


3º passo: a cabeça

Só quem gosta de caranguejo de verdade sabe comer a cabeça sem desperdiçar nenhuma carne. Apesar de parecer difícil, essa parte pode ser bem rápida. Separe o corpo em casco e o abdômen e retire a parte mole e escura que fica em cima do abdômen e pode mordê-lo: lá também tem carne. 


A dica maior é utilizar o casco para misturar carne, farofa e molho; fica uma delícia. Antes disso, é importante limpar, tirando possíveis pedaços com lama. 


4º passo: brindar

Esse passo, na verdade, deve ser feito durante todo o processo de comer caranguejo. Abra a Bohemia bem gelada, sirva e brinde com os amigos. Afinal, não existe caranguejada sem uma boa cerveja e sem resenha. 


Sobre a campanha

Há 166 anos no Brasil, a Bohemia abraça a tradição com a campanha Boteco Bohemia: Quinta do Caranguejo. A cada compra da cerveja nos bares parceiros, o cliente ganha pontos que podem ser trocados por itens essenciais no ritual da caranguejada: tábua, martelo, molheira, bowl, taça e abridor de garrafa. Toda a linha é exclusiva e assinada com poesias do poeta cearense Bráulio Bessa. Todas as informações estão disponíveis no hotsite da campanha, https://quintadocaranguejo.bohemiapuromalte.com.br/.