Desestatização deve avançar em portos, diz Mayhara chaves

porto
Mayhara Chaves, presidente da Associação Brasileira de Entidades Portuárias e Hidroviárias e diretora-presidente da Companhia Docas do Ceará, abriu o Encontro Nacional de Autoridades Portuárias e Hidroviárias

O crescimento na movimentação de cargas pelos portos públicos, mesmo no cenário atual da pandemia da Covid-19, foi destacado na fala da engenheira Mayhara Chaves (presidente da Associação Brasileira de Entidades Portuárias e Hidroviárias e diretora-presidente da Companhia Docas do Ceará), na abertura oficial do “1º Encontro Nacional de Autoridades Portuárias e Hidroviárias”.

Mayhara parabenizou as autoridades portuárias presentes neste importante evento, reforçando que o resultado é reflexo da gestão técnica dos portos. O 1• ENAPH está acontecendo hoje no Royal Tulip Brasília, como parte da programação do Brasil Export 2020, que será encerrado amanhã.

Novos modelos

“Hoje inauguramos um novo formato de expectativa para o setor portuário nacional, pautando assuntos de extrema importância como a desestatização, os novos modelos de arrendamento e arrendamento simplificado. Estamos aqui para trazer uma perspectiva para o futuro. Eu, em nome dos meus colegas, falo para vocês que a pandemia não nos abateu. Ela só nos mostrou a importância que os nossos portos possuem para a infraestrutura do Brasil e para a nossa população. A maioria dos portos brasileiros teve aumento na movimentação de cargas, mesmo em um período de pandemia e com a diminuição de colaboradores presenciais e com um trabalho diferente. Isso a gente leva para o futuro”, destacou Mayhara Chaves.
.
.O diretor do Departamento de Novas Outorgas e Políticas Regulatórias Portuárias da Secretaria Nacional de Portos e Transportes Aquaviários (SNPTA), Fábio Lavor, puxou a lista das autoridades presentes e atenta às palavras da engenheira Mayhara Chaves. Para acompanhar o evento hoje é só acessar https://youtu.be/5ofPiGe9ZtI.