Azul vai voltar a voar para Jericoacoara em 22 de novembro

azul
O feriadão de 12 de outubro contará com 57 operações extras da Azul, inclusive partindo de Recife para Fortaleza via hub da companhia aérea em Recife 

A Azul Linhas Aéreas, reiniciará voos para Jericoacoara, a partir do dia 22 novembro. A informação é do secretário de Turismo do Estado, Arialdo Pinho.

Em outubro,  partindo de Belo Horizonte serão dois voos com destino à vila turística cearense. Depois, em novembro, três, e, em dezembro, quatro.

Partindo de Guarulhos (SP) , o destino cearense terá voos para as férias com voos diários em janeiro e fevereiro.

Feriado no País

No feriadão de 12 de outubro, Dia da Criança, a Azul colocará em operação voos extras para atender a demanda adicional de Clientes no feriado de Nossa Senhora Aparecida. Entre os dias 11 e 13 de outubro, a companhia terá 57 operações a mais em sua malha regular de voos, oferecendo mais opções aos Clientes que desejam aproveitar a data para visitar amigos ou parentes. Todas as frequências já estão sendo comercializadas nos canais oficiais da Azul.

De Recife para Fortaleza

O aeroporto do Recife (PE), principal centros de conexão da Azul no Nordeste do País, será a base com maior número de pousos e decolagens extras. A capital pernambucana terá ligações adicionais para Fortaleza, Maceió, Natal, Aracaju, Teresina, Campina Grande, Brasília, Salvador, Congonhas e Rio de Janeiro. De Confins, em Belo Horizonte, os voos terão como destino Salvador e Porto Seguro, que também terá mais frequências para Campinas. Outras rotas como Santos Dumont-Campinas e Cuiabá-Porto Alegre também receberão voos extras.

“Para atender à demanda de Clientes que é maior em períodos como esse, fizemos adições pontuais de oferta em nossos principais hubs no país. Oferecemos mais voos em rotas que consideramos de lazer, atendendo, com toda a segurança e rígidos protocolos, o desejo de Clientes que querem aproveitar a data para descansar e visitar parentes e amigos”, explica Vitor Silva, gerente de planejamento de malha da Azul.

Setembro com 45% da malha

Em setembro, a Azul amplia sua malha doméstica e alcança 45% da capacidade operada pela empresa antes da pandemia, um crescimento de 570% na malha de 70 voos que foi operada em abril, no momento mais crítico da crise, passando a operar 407 voos por dia para 88 destinos no Brasil e no exterior.

O novo padrão de limpeza

A Azul reforçou a limpeza de suas aeronaves a cada voo e à noite, seguindo os protocolos sugeridos pela IATA. A companhia também foi a primeira do país a tornar obrigatório o uso de máscaras por Tripulantes e Clientes, tanto a bordo quanto em solo. Em outra iniciativa pioneira, a Azul passou a medir a temperatura dos Tripulantes a cada início de turno, aumentando a confiança em solo e a bordo e preservando a vida e a segurança de todos.

A companhia tem orientado o check-in pelo aplicativo da companhia e, para aqueles que precisa despachar a bagagem, sugere o uso dos balcões de autoatendimento, em que o próprio Cliente etiqueta sua bagagem sem contato com a tela dos tablets. Para o embarque, a Azul lançou o Tapete Azul, tecnologia pioneira no mundo, que é composto por um conjunto de projetores e monitores.

Por meio de realidade aumentada projetores no chão formam um tapete virtual colorido e móvel, que convida a pessoa a se posicionar na fila de acordo com seu número de assento. A inovação vem proporcionando uma diminuição de cerca de 25% no tempo em que uma pessoa leva entre embarcar e sentar dentro do avião e, de quebra, contribui para o distanciamento social, já que os Clientes convocados para o embarque ficam a quatro metros de distância entre si.