Unifametro investe R$ 4,2 milhões solar e renovável

unifame
A instituição educacional está construindo uma Usina Solar no município de Quixadá, que deve abastecer todos os seus 7 campi com energia limpa

Com o objetivo de se tornar autossustentável, o Centro Universitário Fametro (Unifametro) investe R$ 4,2 milhões de reais em energia solar.

A instituição está construindo uma Usina Solar no município de Quixadá, que deve abastecer todos os seus 7 campi com energia limpa. Executado pela empresa Ener Brasil, quando o projeto estiver finalizado, a Unifametro será o primeiro Centro Universitário do Ceará a ser autossustentável.

Painéis

Para isso, serão instalados 2.910 painéis solares totalizando 1,2 MWp de potência instalada. A previsão é que a usina gere em torno de 1.980 MWh por ano, o equivalente ao consumo de 13.200 casas familiares com consumo médio de 150 kWH/mês.

A Unifametro já investe em energia limpa desde o ano de 2017 e a nova a usina solar elevará a potência instalada total do Centro Universitário para 1,6 MWp, atendendo assim ao consumo elétrico de todos os 7 campi da instituição. A Unifametro deixará de emitir mais de 130 toneladas de CO2 na atmosfera, preservando mais de 5.600 árvores por ano.

De acordo com Edson Ronald, Diretor Administrativo Financeiro da Unifametro, tornar o Centro Universitário autossustentável traz grande vantagem. "O principal benefício, sem dúvidas, é utilizar uma energia limpa e renovável, contribuindo com o planeta em que vivemos. Estamos muito felizes por dar mais esse passo", destaca Edson Ronald.