Magazine Luiza 'abocanha' a AiQFome e entra no mercado de delivery

magalu
Com a pandemia do novo Coronavírus, o delivery se tornou uma ferramenta ainda mais poderosa e estratégica de mercado e a varejista vislumbra grandes possibilidades com a aquisição da AiQFome

O Magazine Luiza abocanha mais uma grande oportunidade em um novo nicho de mercado. A supervarejista acaba de realizar mais uma aquisição. Desta vez, o alvo foi a startup de delivery de alimentação AiQFome. Com um nome pra lá de sugestivo, a plataforma originária de Maringá (PR), é o cupon para a Magalu entrar no mercado e competir com outros gigantes como a iFood e Rappi.

A AiQFome já  atua em 350 cidades de 21 estados. A carteira de clientes tem mais de dois milhões de consumidores, além de 17 il restaurantes cadastrados. Agora, passa a integrar o aplicativo do Magalu.

Fome de crescer

Recentemente, o Magazine Luiza já foi com fome ao mercado e adquiriu outras startups, a Hubsales e Stoq, a plataforma de mídia da Inloco e o site de notícias de tecnologia Canaltech. Também já conta com os e-commerces de Netshoes, Zattini, Época Cosméticos e Estante Virtual.

O aplicativo da Magalu detém nada menos que 30 milhões de usuários ativos mensais. O Instagram registra 3,8 milhões de seguidores. Com a pandemia do novo Coronavírus, o delivery se tornou uma ferramenta ainda mais poderosa e estratégica de mercado e a varejista vislumbra grandes possibilidades.