Pista do Fortaleza Airport já está expandida em 210 metros

pista
A Fraport Brasil comunica a conclusão das obras de expansão da pista de pouso e decolagem, nova taxiway P, RESA 13 (área de segurança) e subestações 13 e 31 do Fortaleza Airport Foto: Divulgação

Cumprindo o que fora previsto contratualmente antes do prazo previsto, a Fraport Brasil, concessionária do Fortaleza Airport, concluiu em 30 de julho, as obras de expansão da pista de pouso e decolagem, nova taxiway P, RESA 13 (área de segurança) e subestações 13 e 31 do aeroporto.

A empresa destaca a satisfação ao ver finalizada a empreitada. Segundo destaca, todas as intervenções de infraestrutura aeroportuária (Fase 1B e Fase Runway) foram concluídas.

Lembrando que as obras de ampliação do terminal de passageiros, antes da concessão do aeroporto à alemã Fraport, eram para ter sido entregues à população na Copa de 2014, que foi no Brasil. Mas para finalmente chegarem ao estágio atual só se concretizam após concessão do terminal à iniciativa privada e decorridos todos os prazos para as obras de infraestrutura. A Fraport Brasil também trabalha e já deu nova infraestrutura ao Porto Alegre Airport.

Agora, a Fraport Brasil aguarda que as autoridades competentes finalizem a instalação dos equipamentos de auxílio à navegação aérea o mais breve possível para que a pista expandida em 210 metros, com comprimento total de 2.755 metros, possa ser utilizada.

Meta cumprida

“Estamos muito orgulhosos de entregar as obras antes do prazo e com excelente qualidade. Agradecemos ao nosso time altamente qualificado, ao consórcio construtor Passarelli e Método e a todas as entidades e autoridades governamentais, que nos deram total suporte para cumprir mais este desafio”, afirma Andreea Pal, CEO da Fraport Brasil.

“Atuar nas obras deste aeroporto permitiu à Passarelli colocar em prática nosso propósito, valores e competências, assim como nos desafiou a aplicar técnicas complexas de engenharia, com foco no prazo, na qualidade e na segurança. Desta forma, conseguimos transformar e modernizar o aeroporto para atender aos padrões internacionais de qualidade e serviços, e entregar um empreendimento à altura das belezas naturais do Ceará”, afirma Romilson Souza, superintendente de operações da Passarelli, empresa líder do consórcio responsável pelas obras do aeroporto.

"A entrega das obras no airside (lado ar), com a expansão da pista, é um motivo de grande orgulho para nós. É uma obra de ponta, com requisitos técnicos de padrões internacionais, executada com o aeroporto em pleno funcionamento. Mais do que uma obra é um legado que fica para a infraestrutura do país", ressalta Gustavo Aguiar, diretor da Unidade Civil da Método.