Cinturão Digital consolida mercado de R$ 1,4 bilhão por ano

fibra
São 8.060 Km de fibra ótica mantidos pelo governo cearense e parceiros Foto: Freepik

Em tempos em que a tecnologia dita as normas de crescimento de todas as atividades, o Ceará acertou em cheio em uma política pública viabilizando uma rede de fibra ótica que circula todo o mapa do Estado.

O Cinturão Digital do Ceará (CDC) é uma ferramenta consolidada e hoje considerada indispensável ao desenvolvimento econômico do Estado. Viabiliza o acesso à Internet de alta qualidade, proporcionando maior alcance a serviços digitais à sociedade civil.

O Cinturão permitiu despontar um mercado de R$ 1,4 bilhão por ano no Estado, atingindo 105 municípios e mais de 90% da população cearense.

Vários Provedores de Serviços de Internet – ISPs (mais de 300) também foram fomentados pelo CDC, gerando mais de 2 mil empregos especializados e fazendo surgir novas empresas no seu entorno.

Infraestrutura

Distribuído em 8.060 km de fibra ótica (4.150 km mantidos pelo governo estadual, através da Empresa de Tecnologia da Informação do Ceará (Etice) e 3.910 km mantidos por parceiros), o CDC possibilita a implantação de projetos tecnológicos nas áreas de telefonia, TV digital, telemedicina, educação a distância, fiscalização de cargas e segurança pública, entre outros. A Prefeitura Municipal de Barreira, município assistido desde 2014, destaca a melhoria da qualidade na Internet e a redução de gastos como benefícios principais causados pelo Cinturão Digital. Jonathan Batista integra a Divisão de Tecnologia e Informática daquela Prefeitura, e ressalta a disponibilização de Wi-Fi em duas praças públicas no município.

“Pode-se dizer que o CDC foi o melhor projeto feito na área da tecnologia no Ceará. Hoje consegue fornecer serviços de grande valor e importância para todas a entidades públicas deste nosso Ceará. Trouxe qualidade, eficiência, economia e igualdade. Com o CDC facilitou muito a vida dos setores atendidos, assim melhorando o atendimento ao público”.