Magazine Luiza segue expansão digital e de mais 30 lojas

magalu
A megavarejista adquiriu mais duas empresas na quinta- feira (6) e a empresária Luiza Helena Trajano realizou encontro com uma plateia virtual, ao vivo, nesta sexta-feira (7), formada por 200 novos colaboradores Foto: Reprodução Regina Carvalho

Após realizar mais duas aquisições na quinta-feira (6), com a compra da Canal Geek Internet (Canaltech), Unilogic Media Group e plataforma Inloco Media, o Magazine Luiza se prepara para abrir mais 10 lojas em Brasília e em uma cidade próxima a São Paulo.

A empresária Luiza Helena Trajano realizou encontro com uma plateia virtual, ao vivo, nesta sexta-feira (7), formada por 200 novos colaboradores que vão começar a inaugurar as novas unidades. 

Sem demissões

Luiza, que faz várias lives quase diariamente mostrando sua experiência, afirma que mesmo em tempos de pandemia já contratou 300 pessoas em Franca e planeja abrir 30 lojas até o fim do ano. "As lojas físicas vão continuar, mas as vendas na internet são o canal", ressalta a empresária, que prometeu após a pandemia ir à loja que mais se destacar em vendas.

Diferenciais

O Magazine Luiza tem vários diferenciais. Começou cedo a venda online e criou um canal efetivo. Possui entrega ágil e, muito e mais importante, tem uma comunicação invejável com o consumidor. Até mesmo nos casos de devolução, solucionando os problemas em contato via whatsapp, inclusive com o rastreamento do produto em questão.

O Canaltech é mais uma ponta desse ecossistema criado pela megavarejista brasileira.  Cada vez com mais fôlego para crescer de forma disruptiva e gerando empregos.Os canais digitais Magalu, Netshoes, Zattini, Estante Virtual, Época e, agora, Canaltech, somam 210 milhões de visitas mensais.