Alexandre Cabral é novo presidente do BNB

bnb
Romildo Rolim, também funcionário do BNB, deixa a Presidência da instituição financeira, que passa a Alexandre Cabral, com posse nesta terça-feira (2)

Sai Romildo Rolim entra Alexandre Cabral. A dança de cadeiras é à frente do Banco do Nordeste (BNB), instituição financeira fundamental no fomento ao desenvolvimento da Região. 

O executivo de finanças, Alexandre Cabral, que no período entre 2004 e 2007, exerceu a Coordenação da área de Atração de Investimentos Secretaria de Estado de Turismo do Ceará (Setur), foi escolhido pela Presidência da República para ser o novo presidente do BNB. Segundo o Banco, a eleição do executivo ocorreu  nesta segunda-feira, 1º de junho, pelo seu Conselho de Administração.

Cabral é profissional com 34 anos de experiência na área financeira e funcionário de carreira do BNB. Foi também presidente da Casa da Moeda do Brasil (2016-2019). A posse ocorre na sede do Banco do Nordeste, em Fortaleza, nesta terça-feira, 2.

Trajetória

No Banco, Alexandre já atuou como chefe do Departamento de Desenvolvimento Industrial e da Divisão de Avaliação do Departamento Industrial.

Foi gerente de negócios, superintendente de Negócios Corporativos, assessor executivo da Presidência e gerente de agência. Possui ampla vivência em negociação de empréstimos junto a bancos nacionais, internacionais e multilaterais.

Recentemente, atuava como executivo no Escritório de Promoção e Atração de Investimentos e Relacionamento Institucional do Banco do Nordeste no Rio de Janeiro.

Formação

Alexandre Cabral é administrador, formado pela Universidade Estadual do Ceará (1984), com MBA pelo Instituto Brasileiro de Mercado de Capitais (1995), curso de Avaliação Financeira e Econômica de Projetos Industriais, pela  Universidad de Los Andes, na Colômbia (1989) e especialização nas áreas de Crédito Rural, Crédito Industrial e Crédito à Infraestrutura, pelo Banco do Nordeste (1987).

Romildo Rolim também é funcionário do BNB e exerceu uma gestão com bons resultados e de relacionamento próximo ao setor produtivo cearense. O lucro do BNB em 2019 chegou a R$ 1,73 bilhão. Rolim assumiu a instituição financeira em dezembro de 2017.

Diretoria de Administração

Tomou posse nesta segunda-feira, 1º, o novo diretor de Administração do Banco do Nordeste, o também funcionário Haroldo Maia Júnior. Advogado, pós-graduado em Direito e Processo Administrativo, Haroldo ingressou no Banco do Nordeste em 2005. Atuou como assistente jurídico na área de Contencioso e Consultoria Jurídica. Foi também gerente executivo da Célula de Licitações e de Contratos na Área de Logística e gerente do Ambiente de Controles Internos. Desde 2015, atuava como superintendente de Auditoria.