Inflação desacelera em Fortaleza no primeiro mês de 2020

img
A maior variação de preços na RMF veio do grupo Alimentação e bebidas (0,83%) entre os nove grupos de produtos e serviços pesquisados Foto: Freepik

O  Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), aqui na Região Metropolitana de Fortaleza, em janeiro variou 0,28%, enquanto, em dezembro, havia subido 1,28%, com um pico e liderando as altas no País no fim de 2019.

Segundo o IBGE, esta é a primeira divulgação do IPCA / INPC com a nova cesta de produtos e serviços, atualizada a partir da Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF) 2017-2018.

Alimentos pesam

A maior variação veio do grupo Alimentação e bebidas (0,83%) entre os nove grupos de produtos e serviços pesquisados. Outros cinco grupos também apresentaram alta, com destaque para Transporte (0,69%) e Despesas pessoais (0,66%). No lado das quedas, a contribuição negativa veio de Vestuário (-1,31%) e Saúde e cuidados pessoais (-0,53%). Após a variação de 1,28% no mês de dezembro, o grupo Alimentação e bebidas subiu 0,83%, puxado pelos preços da batata-inglesa (28,37%), maracujá (14,46%) , tubérculos, raízes e legumes (13,02%). Do lado das quedas, destacam-se as carnes (-3,59%).

A alimentação fora de casa teve alta no item refrigerante e água mineral (0,76%) e deflação no preço do sorvete (-0,85%) e da cerveja (-0,81%).O grupo de transportes apresentou variação de 0,69%, com destaque para a alta no preço dos pneus (3,04%) e para a queda no valor das passagens aéreas (-6,52%).

No grupo Despesas pessoais (0,66%), destacou-se a alta no valor das hospedagens (8,54%) e dos pacotes turísticos (3,80%), e a queda nos valores de serviço de higiene para animais (-3,21%). Artigos de residência teve variação de 0,45%, com destaque para a queda no valor dos eletrodomésticos e equipamentos (-2,84%).

Para a menor renda

O Índice de Preços ao Consumidor (INPC)de janeiro variou 0,30%, enquanto, em dezembro, havia subido 1,29%. O grupo alimentação e bebidas apresentou variação de 1%, enquanto o grupo vestuário apresentou queda de 1,26%.