Cearense Central das Correias detém tecnologia especial

correias
Única no Nordeste que fabrica correntes especiais com pinos e abas, padrão Tsubaki, todas desenvolvidas em solo cearense, a empresa se expande mesmo em tempos de crise

A Central das Correias e Correntes especializou-se no ramo de correntes industriais e é a única no Nordeste que fabrica correntes especiais com pinos e abas, padrão Tsubaki, todas desenvolvidas em solo cearense.

‘’Para isso, investimos em máquinas, prensas, ferramentais, bancadas e para garantir a qualidade dos componentes montamos um laboratório para análise de materiais e fazemos também o tratamento térmico’’, ressalta o empresário Pedro Mendonça.

Técnicas

A empresa também é a primeira no Brasil a realizar testes e pré-tensionamento dinâmico nas correntes, antes de enviar aos clientes, através de um dispositivo desenvolvido na própria companhia, ideia trazida dos EUA. Esse procedimento garante a qualidade e aumenta a vida útil das correntes.

A fábrica da Central das Correias e Correntes fica localizada em Maracanaú - CE e conta ainda, com uma equipe comercial capacitada e treinada para consultas técnicas e com um time de técnicos especializados na prestação de serviços em todo o estado e suporte técnico a todos os clientes.
 

Empresário cearense, Pedro Mendonça Júnior foi buscar experiência nas maiores e melhores fábricas do mundo e, hoje, desenvolve produtos exclusivos no ramo industrial para todo o Norte e Nordeste. Ele está à frente da Central das Correias e Correntes, empresa que atua no ramo de manutenção industrial, com foco em produtos para transmissão de potência mecânica e transporte de materiais, com uma ampla linha de correias e correntes industriais. 

‘’A ideia sempre foi trazer o que tem de melhor no mundo para o nosso mercado, fui buscar conhecimento primeiramente em São Paulo, visitei vários fornecedores, vi o que tinha de melhor e, também, fui visitar empresas fora do Brasil,  estive em uma das fábricas da Tsubaki (líder mundial em Correntes Industriais) nos Estados Unidos, fiz um treinamento focado em correntes industrias. De lá, trouxe várias ideias novas que tenho aplicado aqui, inclusive, algumas técnicas pioneiras no Brasil e nos tornamos especialistas no segmento’’, conta Pedro Mendonça.

Pioneira

De acordo com Pedro, o objetivo é democratizar as inovações do segmento, para que todas as empresas tenham acesso aos produtos de tecnologia inovadora, com a mesma qualidade dos países desenvolvidos, com o melhor custo benefício. Antes, para ter acesso a esses produtos, as indústrias cearenses precisavam trazer do Sudeste ou até importar de fora do país; já hoje, conseguem ter acesso de forma fácil, rápida e econômica, principalmente as indústrias do interior.

A Central é distribuidora de uma ampla linha de produtos e é parceira aqui no Nordeste de multinacionais importantes como a norte americana Martin Sprockets, as alemãs Vulkan, Nord e Optbelt, sendo que a brasileira Correias Mercúrio e a japonesa Tsubaki representam os maiores volumes de negócios, ambas as melhores empresas do mundo no seu segmento. A Central mantém itens em estoque para pronta entrega e presta serviços especializados. 

Carteira de clientes

Empresas como M. Dias Branco, Avine, Três Corações, Ambev, CSP, West Rock e Grendene estão no rol dos clientes que são atendidos com correntes industriais fabricadas aqui no Ceará. O benefício pela tecnologia adotada e a facilidade ao acesso se tornaram um dos principais atrativos. ‘’Temos vários cases de sucessos nesses clientes, todos comprovados em que, por exemplo: na Avine e M. Dias Branco algumas correntes eram trocadas a cada 90 dias, agora, com as correntes Tsubaki modificadas aqui, a troca só precisa ser feita a cada 2 anos’’, enfatiza Pedro Mendonça Júnior.