Seis serviços relativos a CPF são atendidos por 'robô' no Ceará

receita
O canal “ReceitaFederalOficial” no aplicativo Telegram, permite que a Receita Federal faça a análise e conclua a solicitação dos serviços sem atendimento presencial

A Receita Federal amplia a oferta de serviços à distância relativos ao CPF. Por meio do aplicativo Telegram, o contribuinte pode solicitar alteração, regularização, segunda via, entre outros serviços relacionados ao seu CPF, após enviar documentação exigida. A medida também é uma ação que ajuda a diminuir a propagação da Covid-19, evitando atendimento  presencial.

A partir desta segunda-feira (20/7), contribuintes de Ceará, Piauí e Maranhão, com pendências no seu CPF, passaram a dispor de tecnologia de atendimento inteligente, conhecida como chatbot, isto é, um software de atendimento eletrônico à distância que simula conversação por meio de chat.

Canal

Para este fim, foi criado o canal “ReceitaFederalOficial” no aplicativo Telegram, que deve estar instalado no celular ou tablet, em que o cidadão é informado e envia documentos exigidos para que a Receita Federal faça a análise e conclua a solicitação dos serviços.

Comodidade

“O objetivo é ampliar a comodidade, a agilidade e a resolubilidade de problemas dos contribuintes em relação ao CPF. Isso porque o software inteligente (chatbot) garante maior assertividade, uma vez que o cidadão finaliza a conversa após cumprir todos os requisitos para que a área responsável da Receita Federal analise a solicitação”, avalia o analista-tributário Victor Moreira de Gurjão, responsável pelo projeto.

Há dez dias, essa forma de atendimento passou por um período de testes apenas para contribuintes de Goiás. De agora em diante, basta que os cidadãos do Ceará, Piauí e Maranhão façam o download do aplicativo Telegram no celular, procurem o canal ReceitaFederalOficial e iniciem o atendimento sem sair de casa, que brevemente será estendido a todo o país.

Veja o que será possível resolver:

Atualização/alteração de dados;

Regularização;

Segunda via;

Informação do número do CPF;

Consulta à situação cadastral; e

Consulta de ausência da declaração do imposto de renda (exercício omisso).