KLM ainda estuda como será retomada de voos a Fortaleza

klmair
Já o Grupo Air France/KLM planeja 26 voos semanais para o Brasil entre setembro e outubro, equivalendo a 59% da operação pré-Covid19 Foto: Divulgação

A Air France e a KLM combinarão 26 voos por semana entre o Brasil e a Europa até pelo menos o fim de outubro, o que representa 59% do que o Grupo costumava voar semanalmente para o País antes da crise do Covid-19. Atualmente são realizados 19 voos por semana.

A aérea francesa planeja o primeiro voo de Fortaleza para Paris para 11 de outubro, retorno da operação Paris-Fortaleza de 10 de outubro, e então seguirá com operação três vezes por semana - quartas, sextas e domingos. A KLM ainda estuda a retomada. Grupo segue líder de operação para o Brasil

Cautela e evolução

"No início da crise reduzimos significativamente a nossa oferta, e dada a importância do Brasil para o Grupo, nunca paramos de voar. Evoluímos a nossa presença ao longo dos meses, com cautela e foco na segurança e saúde de nossos clientes e colaboradores, para termos hoje um planejamento de operação forte e constante para a Europa para o futuro", afirma Jean-Marc Pouchol, diretor geral Air France-KLM para a América do Sul.

Sudeste

Entre 7 de setembro e 25 de outubro, as companhias evoluirão constantemente de operação para a Europa. A KLM seguirá com operação diária em São Paulo (GRU) e quatro vezes por semana ao Rio de Janeiro (GIG) durante o período.

A Air France começa voando cinco vezes por semana para São Paulo (GRU) e quatro vezes por semana para o Rio de Janeiro (GIG), e então evolui para um voo diário em São Paulo (GRU) e cinco vezes por semana para o Rio de Janeiro (GIG).

Cargas

O transporte de cargas essenciais também tem sido de suma importância ao Grupo Air France-KLM, protagonista a nível global de produtos farmacêuticos, equipamentos médicos, matéria-prima para produção de medicamentos, frutas, suprimentos e embalagens. A KLM Cargo opera cinco vezes por semana entre Amsterdã e Campinas (VCP).

Abertura lenta

As fronteiras internacionais estão se abrindo lentamente pelo mundo. É provável que esta programação de voo mude e permaneça sujeito à obtenção da autorização governamental necessária. A Air France e a KLM levarão em consideração as medidas atuais de saúde e higiene nos países ou destinos atendidos para garantir a seus passageiros o mais alto nível de segurança sanitária.

Orientações

Antes de viajar, as companhias recomendam que seus clientes entrem em contato com as autoridades relevantes para verificar os requisitos de entrada e viagem para seus países de destino e trânsito, que podem ter sido alterados devido à epidemia de COVID-19. Ainda reforçam que máscaras cirúrgicas são obrigatórias em todos os seus voos. Seguem também as verificações de temperatura corporal realizadas na partida de
determinados voos da Air France de e para destinos internacionais.

As operações diárias de limpeza de aeronaves foram intensificadas e um procedimento específico para a desinfecção regular de cabines com um spray virucida aprovado foi introduzido. Para mais detalhes sobre as medidas de saúde e higiene implementadas, tanto no solo quanto a bordo, clique aqui para a Air France e aqui para a KLM.