Venda de combustível cai 39% no CE, 8ª alta seguida no preço

gasolina
Em Fortaleza, a gasolina comum já voltou ao patamar dos R$ 4. Em alguns casos, acima disso. O encarecimento do combustível acaba induzindo a inflação Foto: Regina Carvalho

As vendas combustíveis e lubrificantes tiveram uma queda de 39,4% no Ceará no mês de maio, quando comparadas a igual período de 2019,  de acordo com o IBGE. Mas a Petrobras segue com a oitava alta no preço da gasolina seguida desde o começo de maio. 

O consumidor, mesmo em meio à queda de renda e as dificuldades de emprego trazidas pela pandemia de Covid19 se vê obrigado a economizar e muitas vezes até tentar tirar o produto do seu orçamento, buscando usar outros meios de transporte como bicicletas, trens ou usar da mobilidade via aplicativos.

Desta vez, o aumento para a gasolina na refinaria, que passou a vigorar desde quarta-feira (8), foi de 5%. O preço do diesel foi mantido. A empresa havia elevado a gasolina em 3% na quinta-feira (, quanto também aumentou o diesel em 6%.

Em Fortaleza, a gasolina comum já voltou ao patamar dos R$ 4. Em alguns casos, acima disso. O encarecimento do combustível acaba induzindo a inflação.