Construção civil no CE retoma ânimo e planeja lançamentos

construcao
De acordo com o Sinduscon-CE, são mais de 200 canteiros de obras com 100% do seu quadro ativo sendo monitorados, as obras estão avançando e o mercado imobiliário segue uma tendência de reação

O recente anúncio da Caixa Econômica Federal, de incorporar ao financiamento o custo com ITBI e despesas cartoriais, deverá facilitar os negócios e gera otimismo para o segundo semestre deste ano. "Em breve estaremos lançando novos empreendimentos. Acreditamos que o setor da construção civil vai gerar cada vez mais empregos e renda, contribuindo de forma decisiva para retomada da economia em nosso Estado", afirmou Patriolino Dias, presidente do Sinduscon-CE.

Os juros baixos praticados, principalmente, pela Caixa Econômica Federal e taxa básica de juros (Selic), definida pelo Copom, são medidas que também devem impactar de forma positiva o mercado imobiliário do Ceará. Para Patriolino Dias o cenário deve ajudar muitas famílias a concretizarem o sonho da casa própria.

"Mesmo em meio à pandemia o Minha Casa, Minha Vida continuou vendendo. Isso ocorreu porque há uma grande demanda para esse tipo de produto, dado o enorme déficit habitacional e também por conta da Caixa e dos juros dos bancos, que tornam a compra financiada mais acessível". O estoque de imóveis  está diminuindo no Ceará e há também a perspectiva de lançamentos no segundo semestre. "Se a economia começar mesmo a estabilizar, com certeza, a construção civil se transformará na mola propulsora  da retomada do crescimento do País", destacou.

100% da operação

Na quarta-feira (8), completa um mês que o setor da construção civil retomou as atividades nos canteiros de obras. A avaliação do Sinduscon Ceará é muito positiva com relação ao período. De acordo com o presidente da entidade, Patriolino Dias de Sousa, desde o dia 22 de junho, em Fortaleza e Região Metropolitana, são mais de 200 canteiros de obras com 100% do seu quadro ativo sendo monitorados e com acompanhamento. As obras estão avançando e o mercado imobiliário segue uma tendência de retomada.

No processo de retomada, o Sinduscon Ceará firmou uma parceria com o SESI-CE para garantir atendimento médico remoto aos trabalhadores no canteiro de obras e um plano de trabalho de combate à contaminação pelo Coronavírus.