Serviço digital agiliza cobranças em cartórios de protesto

cartorio
Credores que quiserem recuperar dívidas contam com os serviços de apresentação e pagamento do título, emissão de certidões, cancelamento de protestos e a possibilidade de envio de intimações eletrônicas

Para quem se interessa em formas de cobrança de dívidas com um rápido retorno, uma solução viável são os serviços prestados pelos cartórios de protestos. Presentes em todo território nacional.

Esses tabelionatos específicos, de acordo com o Supremo Tribunal Federal (STF), são uma das formas mais seguras e garantidas de reaver um débito existente, ainda mais atualmente, onde todos os processos podem ser feitos de maneira virtual e com um baixo custo aos credores interessados.

Recuperação

O Instituto de Estudos e Protestos de Títulos do Brasil no Ceará (IEPTB-CE) esclarece que os credores que quiserem recuperar dívidas contam com os serviços digitais de apresentação e pagamento do título, emissão de certidões, cancelamento de protestos e a possibilidade de envio de intimações eletrônicas.

De acordo com o presidente do IEPTB-CE, Samuel Araripe, essas mudanças surgem para facilitar o acesso de credores aos serviços dos cartórios de protesto e firmar o serviço como a melhor opção para quem busca a recuperação de crédito. “Estamos em uma contínua melhoria dos nossos serviços - prova disso é que todos os procedimentos agora podem ser feitos de maneira digital. Cada vez mais queremos desburocratizar todo esse processo de cobrança de dívidas e mostrar ao credor que através dos cartórios os valores devidos podem ser devolvidos o quanto antes” diz.

Ainda de acordo com o representante, a última decisão da Corregedoria Nacional de Justiça (CNJ), que alterou o provimento 97, ajudou ainda mais na facilitação da cobrança dos credores aos devedores, já que passou a ser permitido o envio de intimações através de plataformas digitais de mensagens automáticas e chamadas de voz. “Com mais esse serviço, agora somos uma solução na recuperação de crédito completamente digital. O que facilitará ainda mais o acesso aos serviços por quem busca praticidade”, finaliza.