Edisca lança Passos do Bem para ajudar famílias de alunos

edisca
Doações em dinheiro, alimentos ou produtos de higiene e limpeza serão destinados a mil pessoas da periferia da Capital por três meses

A realidade vivida por muitas pessoas da periferia de Fortaleza em situação de vulnerabilidade social ficou mais difícil com a Covid19, entre elas as famílias cujos filhos são alunos da Escola de Desenvolvimento e Integração Social para Criança e Adolescente (Edisca). Cerca de 400 crianças e adolescentes fazem partes dos diversos projetos de arte da instituição.

64% do público atendido pela Edisca encontram-se abaixo da linha de pobreza e era na escola que muitos dos alunos tinham acesso às únicas refeições do dia.

“As refeições que nossos meninos e meninas realizavam na escola e na Edisca não existem mais. Com a pandemia, as oportunidades de trabalho para seus pais sumiram. A fome bateu à porta de muitos. Os membros das famílias estão adoecendo aos montes. E o pior pode acontecer se não agirmos. E rápido”, ressalta Dora Andrade, coreógrafa e idealizadora da Edisca.

Iniciativa

Para tentar amenizar este momento de dificuldades, a Edisca lançou a campanha Passos do Bem para unir pessoas e empresas com o objetivo de arrecadar e distribuir cestas básicas e itens de higiene e limpeza, levando também apoio psicológico e orientação socioassistencial a famílias em situação de vulnerabilidade social.

A meta é ajudar durante três meses pelo menos 1.000 pessoas da periferia de Fortaleza ligadas direta e indiretamente às crianças atendidas pela Escola.

“Estamos ajudando de todas as formas. Iniciamos distribuindo todo o alimento que tínhamos e agora precisamos mobilizar todos neste novo caminhar, alavancando esforços para minimizar o sofrimento destas populações, pois sabemos que juntos vamos mais longe”, afirma Dora Andrade.

Pessoas físicas e empresas podem contribuir doando cestas básicas ou kits de higiene e limpeza; doando dinheiro que será revertido na compra destes produtos; convidando amigos e familiares a somar nesta mobilização, e também divulgando a campanha #passosdobem.