Desafio Retoma Ceará que apoia informais e MEIs anuncia vencedores

um
Desafio aponta ganhadores e anuncia parceria com o governo estadual, Sebrae e Prefeitura de Fortaleza

Com mais de 400 pessoas inscritas em 63 equipes que apresentaram 48 trabalhos, o Desafio Retoma Ceará anunciou os três vencedores do concurso que reuniu ideias e projetos que podem ajudar na retomada da economia do Ceará.

Os trabalhos beneficiam diretamente os informais (Artesãos, ambulantes, costureiras, diaristas flanelinhas e outros), Micro Empreendedores Individuais - MEI (Cabeleireiros, manicures, mestre de obras e outros), as Micro Empresas – ME (Mercadinhos, salões de beleza, lanchonetes, lojas de roupas e outros) e profissionais liberais.

Após as etapas iniciais de estudo dos trabalhos inscritos e de escolha das propostas semi-finalistas, foram selecionados 12 projetos para a etapa final e que passaram pela avaliação da Comissão Julgadora formada por: Régis Dias (Sebrae/CE), Élcio Batista (Governo do Estado do Ceará), Samuel Dias (Prefeitura de Fortaleza), Joaquim Melo (Banco Palmas), Taynaah Reis (Moeda Seeds) e Edson Queiroz Neto (Chanceler da Universidade de Fortaleza - Unifor).

Ganhadores

Em primeiro lugar ficou a equipe Formigas, de Janaina Gradvohl, Luis Lacerda, Mauricio Gonçalvez, Rodrigo Bitar e Octávio Macêdo, que ficou com o prêmio de 5.000,00 (cinco mil reais), com o projeto de um site para troca de produtos e serviços e moeda virtual. Com a plataforma digital será possível aos empreendedores de bairros oferecerem seus produtos e serviços em troca de outros de seu interesse e que estejam próximos de sua casa.

O sistema permite ainda criar uma moeda interna e fazer transações em real, caso o empreendedor já seja formalizado. Um outro benefício do projeto será retornar uma porcentagem do lucro líquido da empresa para ações sociais dentro dos bairros onde a plataforma irá atuar.

“Estamos muito felizes em termos ganho o Desafio e mais ainda em de alguma forma podermos ser úteis nessa retomada da economia ajudando os informais, as pessoas dos bairros. Foi maravilhoso participar e vai ser muito legal daqui para a frente, porque estamos com todo gás para implantar nossa ideia”, comemora Octávio Macêdo, de equipe Formigas.

O segundo lugar ficou com a equipe Canal Empreendedor, com a ideia de um serviço de delivery no ambiente do próprio bairro, tendo ficado com o prêmio de R$ 3.000,00 (três mil reais). A equipe é formada por Dianafa Silva, Grazielly Alferes, Leide Daiane, Leonardo Lima e Mayra Dias. A solução visa facilitar a comunicação entre comerciantes e entregadores do mesmo bairro ou próximos, em uma plataforma online que irá cadastrar essas pessoas em um só local e colocá-los em conta de acordo com a localização, interesse e meio de transporte. As negociações se dariam na própria plataforma, fomentando negócios locais.

E em terceiro lugar, com o projeto Mercado Virtual de Fortaleza e formada por Francisco Wellington Ávila Pereira, Elisangela Maria de Oliveira, Maria Naiany de Jesus Camelo, Noelma, Laura Rios e Thiago Duarte, ficou a equipe Supera Ceará, que ficou com o prêmio de R$ 2.000,00 (dois mil reais).

O mercado seria um espaço virtual, mantido na web, reunindo cerca de mil permissionários, micros e pequenos empresários, como forma de ajudá-los na ampliação e complementação de renda. Cada permissionário terá um espaço no Mercado com fachada e slogan personalizado, espaço para propaganda e shows de artistas locais para exibição no tour virtual. Todos os pagamentos dos produtos serão eletrônicos e as entregas, personalizadas.

Parceria

Após a divulgação dos premiados, a empresária Ticiana Rolim Queiroz, fundadora do Somos Um, fundo de investimento em Negócios de Impacto Social promotor do Desafio Retoma Ceará, anunciou uma parceria com o Governo do Estado do Ceará, Prefeitura de Fortaleza e Sebrae/Ceará que irá viabilizar a implementação das ideias vencedoras. “É a inspiração dos projetos feitos com amor pelos nossos participantes do Desafio que vai sair do papel e virar realidade para ajudar milhares de cearenses com criatividade, gerando prosperidade e colaborando para mudar a realidade dessas pessoas”, celebra Ticiana.

Promoção

Fundado em 2018, o Somos Um, fundo de investimento em Negócios de Impacto Social, tem o propósito de proporcionar o empoderamento das pessoas, visando a prosperidade de todos, pois Somos Todos Um.
Acreditamos que é possível ganhar dinheiro e mudar o mundo para melhor ao mesmo tempo, criando uma Nova Economia.  Assim, gerando prosperidade para todos e vivendo em harmonia com o nosso planeta.