Governo do Ceará vai distribuir 5 mi de máscaras de proteção

mask
Material será fabricado em caráter emergencial e distribuído nos municípios cearenses, proporcionalmente à quantidade de habitantes Foto: Freepik

Em caráter emergencial, o Governo do Ceará, por meio da Secretaria da Saúde (Sesa), lançou edital de chamamento público para a confecção de cinco milhões de máscaras de tecido reutilizável por parte de empresas cearenses do setor têxtil.

O material será distribuído para uso da população cearense com o objetivo de diminuir o contágio do novo Coronavírus (Covid-19).


A ação é uma parceria entre Sesa, Casa Civil, Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece) e Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Trabalho (Sedet), e visa distribuir máscaras de proteção pelas oito macrorregiões do Ceará. A divisão será feita proporcionalmente à quantidade de habitantes, conforme dados disponibilizados pelo Censo 2019, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Indústria têxtil

"Esse edital, além de garantir a segurança dos cearenses no protocolo de saúde do Coronavírus, também vai incentivar o funcionamento da indústria têxtil e de confecções nesse momento de crise. A ação é importante para a área de saúde, melhorando as garantias de não contaminação, e um reforço muito bom para a economia", destaca o titular da Sedet, Maia Junior.

Para esse formato de parceria, Adece, Sedet e Sesa trabalharam em alinhamento com a Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC), conforme o presidente da Adece, Eduardo Neves. "A preferência pelas indústrias têxteis e de confecção se deu pela constatação da quantidade de materiais em estoque e sem previsão de uso. Esse mesmo material até então paralisado proporcionará agilidade na fabricação e entrega dessas máscaras. Ganha a população cearense", completa.

Serão beneficiados os moradores das regiões de Baturité, Cariri/Centro Sul, Grande Fortaleza, Litoral Leste/Jaguaribe, Litoral Oeste, Sertão Central, Sertão dos Inhamuns e Sobral/Ibiapina.