Sul coreana acionista da CSP doa 20 mil máscaras ao Ceará

mask
Além das 20 mil máscaras, a Dongkuk Steel doou R$ 1.5 milhão para a campanha "Fiec Salvando Vidas Covid-19"

A sul coreana Dongkuk Steel, uma das acionistas da Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP), doou 20 mil máscaras cirúrgicas ao Governo do Estado do Ceará, como uma medida externa de contribuição ao controle da pandemia do novo coronavírus, no Estado.

Essas máscaras são próprias para uso dos profissionais de saúde que estão lidando diretamente com pacientes infectados com o vírus. Os equipamentos de proteção individual (EPIs), adquiridos da China, já foram entregues ao Estado.

Doação em dinheiro

A CSP também doou R$ 1,5 milhão para o combate ao novo coronavírus no Estado, por meio da campanha “Fiec Salvando Vidas Covid-19”, da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec). Os recursos foram destinados à compra de aparelhos respiratórios e demais equipamentos e insumos hospitalares para auxiliar pacientes e profissionais da saúde do Ceará.

Prevenção

Internamente, a CSP implantou uma série de medidas preventivas e mantém um comitê exclusivo dedicado ao tema. Ações de higienização, distanciamento, monitoramento de temperatura, trabalho remoto, entre outras, foram adotadas com o objetivo de proteger seus empregados.

Utilidade pública

A CSP está autorizada pelo Governo do Estado a funcionar por possuir Alto-Forno, equipamento que precisa ter seu funcionamento ininterrupto. Além disso, a CSP é estratégica para o controle da pandemia, pois gera energia elétrica ao Sistema Elétrico Nacional (SIN) e também oxigênio hospitalar, por meio da planta da White Martins que funciona dentro da CSP integrada ao processo siderúrgico. Esse oxigênio abastece hospitais no Ceará e em outros estados do Nordeste.