292 mil MPEs do Simples no CE terão 90 dias para pagar imposto

cams
"Estamos facilitando a vida das empresas para que elas possam garantir os negócios e também os empregos. Esse é um momento de solidariedade e união. O objetivo é proteger a economia e os menos favorecidos", disse Camilo Santana

O governador do Ceará, Camilo Santana, disse em live nas redes sociais, nesta segunda-feira (30), que já definiu a suspensão por 90 dias do pagamento dos impostos por parte das MPEs, do Simples Nacional. Entretanto, a medida precisa ser autorizada pelo Comitê Gestor do Simples.

Esta é uma das medidas que fazem parte de ações para responder às demandas do setor produtivo de vários segmentos no Ceará. No total, serão 292 mil MPEs beneficiadas, o equivalente a cerca de 90% das empresas cearenses, segundo Camilo.

Preços abusivos

Camilo disse ainda estar indignado com o abuso do poder econômico de pessoas aumentando fortemente os preços no Estado.

Segundo ressaltou o líder do Executivo estadual, esta atitude é crime e pediu à população que denuncie (Telefone 080027580001).

"Vamos usar todo o rigor da lei para punir",anunciou. Disse o mesmo em relação às fake news, casos que estão sendo enviados à polícia para punir e responsabilizar essas pessoas.

Outras medidas econômicas

Outras medidas parte de decreto já informado pela Secretaria da Fazenda (Sefaz-CE), também determinam 90 dias para atender às demandas fiscalizatórias ao Estado. Em relação às parcelas refinanciadas de impostos em atraso, também foi prorrogado o pagamento por 90 dias, retornando depois de junho. Igualmente já noticiado,está suspensa a inscrição na dívida ativa por 90 dias e ficam prorrogados os regimes especiais de tributação pelo mesmo prazo.

"Estamos facilitando a vida das empresas para que elas possam garantir os negócios e também os empregos. Esse é um momento de solidariedade e união. O objetivo é proteger a economia e os menos favorecidos", salientou Camilo.