Só funcionarão serviços essenciais por 10 dias, determina governo

gov
Consciente de seu papel, o governador Camilo Santana, definiu a operação apenas de serviços essenciais nesse período de enfrentamento ao novo coronavírus

O governador do Ceará, Camilo Santana, comunicou novas medidas de enfrentamento ao coronavírus e voltou a reforçar a importância do isolamento pessoal. O descumprimento das medidas acarretará em multa de R$ 50 mil, além de apreensão de mercadorias e até o uso da força policial.

As principais são:

- Suspensão (prazo de 10 dias) do funcionamento de bares, restaurantes, lanchonetes, igrejas, templos religiosos, shoppings. cinemas, academias, clubes, lojas, dentre outros.

- As barracas de praia serão fechadas. Exceção de supermercados e farmácias.

- O serviço de transporte rodoviário intermunicipal será interrompido. O metrô de Fortaleza, Sobral e Cariri será interrompido a partir de sábado (21)

- Ponto facultativo para servidores estaduais foi decretado até a próxima sexta-feira (27).

- Os serviços públicos serão interrompidos até lá. - Barreiras serão colocadas nas fronteiras do Ceará. As atividades do setor industrial serão suspensos até o dia 29 de março, com exceção indústrias farmacêuticas, alimentícias, de gás e água. Veja anúncio nos stories.