Siderúrgica do Pecém investe na cultura de segurança

csp
O presidente da CSP, Cláudio Bastos, enfatizou a força do Planejamento Estratégico da empresa, ao nortear esforços e motivar inovações em prol dos objetivos escolhidos

“Estamos dentre as melhoras práticas de segurança do Brasil. A nossa confiabilidade operacional é de 99,9%”, diz a gerente geral de Segurança da Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP), Giselle Raiol.

Ainda assim, a usina investe para garantir segurança. Ao longo de dois dias, gerentes gerais e gerentes da Companhia debateram e construíram coletivamente um novo plano de saúde e segurança 

Foi durante o I Workshop de Saúde e Segurança, nos dias 5 e 6 de março, no Centro de Treinamentos da empresa, reunindo a Diretoria, gerentes gerais e gerentes em uma programação que aliou capacitação, debates e planejamento.

Ao longo de 16 horas, foram abordados e avaliados os programas da CSP que contribuem para a cultura de segurança, os resultados já alcançados e as estratégias para potencializar os avanços da empresa na área. Os trabalhos resultaram na elaboração de um novo plano de segurança para a empresa, construído coletivamente por toda a liderança.

Planejamento

            O presidente da CSP, Cláudio Bastos, enfatizou a força do Planejamento Estratégico da empresa, ao nortear esforços e motivar inovações em prol dos objetivos escolhidos. “Ele nos permite ligar os pontos. Estamos hoje fazendo esse workshop porque queremos ser referência global em segurança”, destacou. A busca contínua por conhecimento técnico na área comportamental e de procedimentos também foi valorizada pelo presidente em sua fala como um caminho para a evolução na área de segurança.