Preços do petróleo desabam até 30%; B3 interrompe negócios

b3
Mercado financeiro no Brasil encerrou o primeiro dia da semana com a B3 afundando 12,17% e o dólar americano fechou cotado a R$ 4,72, em mais um recorde

A segunda-feira (9) ainda nem havia começado no Brasil e lá fora o preço do barril de petróleo já desabava 30%, o pior desempenho desde a Guerra do Golfo, em 1991. Depois, o percentual de queda estava no patamar de 20%

A tensão se ampliou entre os países produtores e a Arábia Saudita cortou o valor de venda do barril da commodity. O estresse deve-se também à crise deflagrada com o coronavírus, que deverá impactar as economias mundialmente.

Solavancos

A turbulência chega ao mercado financeiro no Brasil neste começo de semana com a B3 desabando 10% e interrompendo os negócios, o chamado circuit breaker, que não acontecia desde 2017. Some-se a isso o dólar norte-americano que segue firme em sua escalada de valorização. O temor de recessão aprofunda as preocupações e os investidores buscam a moeda forte. Na manhã desta segunda-feira (9), a máxima atingiu R$ 4,79. O mercado financeiro no Brasil encerrou o primeiro dia da semana com a B3 afundando 12,17% e o dólar americano fechou cotado a R$ 4,72, em mais um recorde

Repasse

A saber se a redução na cotação do petróleo no mercado internacional também chegará aos distribuidores de combustíveis no Brasil, tal a magnitude da queda. Também já se cogita a elevação da Cide, imposto sobre os combustíveis, para não haver um corte de maior magnitude depreços ao consumidor final. Não se sabe ainda se haverá e como será esse repasse. 

Novo horário

A partir de segunda-feira (9), as negociações no mercado à vista de ações da B3 voltariam a se encerrar às 17h (horário de Brasília), com o início do horário de verão nos Estados Unidos no dia anterior. Com isso, as negociações do after market voltam a acontecer. O horário de abertura continua às 10h. Mas, diante do dia tenso,a medida não foi seguida à risca.

Ring the bell for gender equality

Nervosismos à parte, a B3 realiza nesta segunda-feira (9) o “Ring the Bell for Gender Equality”. O evento é uma parceria da Sustainable Stock Exchanges Initiative (SSE) em conjunto com o Pacto Global, ONU Mulheres, International Finance Corporation (IFC), Women in ETFs (WE) e World Federation of Exchanges (WFE). 

O objetivo é de promover o aumento da conscientização sobre o empoderamento econômico das mulheres e as oportunidades no setor privado de incentivar a igualdade de gênero e o desenvolvimento sustentável.

A iniciativa reuniu em 2019 mais de 80 bolsas de valores ao redor do mundo, contribuindo com a agenda dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), principalmente com o ODS 5, que visa alcançar a igualdade de gênero e o empoderamento de todas as mulheres e meninas.


Ring the Bell for Gender Equality
Data         09/03/2020
Horário    8h às 11h30
Local       B3 - Praça Antonio Prado, 48 – Térreo- Centro – São Paulo/SP