Grupo Mulheres do Brasil inaugura sede com a Mallory

mulheres
Annette de Castro, vice-presidente da Mallory e líder do Núcleo Fortaleza do Grupo Mulheres do Brasil recebeu a empresária Janete Vaz, do Grupo Sabin, que é liderança no Distrito Federal  Foto: Regina Carvalho

O Grupo Mulheres do Brasil Fortaleza já possui cerca de 350 associadas no Ceará e inaugurou nesta sexta-feira (6), sua nova sede em parceria com a fabricante de eletroportáteis Mallory. A sede fica no Shopping Salinas. No início, elas eram apenas 40 na Capital cearense e hoje atuam em muitas frentes, inclusive com representatividade no exterior.

A união entre o grupo social e a indústria criam um ambiente favorável para a atuação de ambos. A convidada especial foi a líder do Grupo Mulheres do Brasil no Distrito Federal, a empresária, Janete Vaz, do Grupo Sabin.

O novo espaço conta com ambiente para palestras e encontros e permite também a comercialização de produtos dos projetos apoiados pelo Grupo. Além disso, no piso inferior, possui um showroom da Mallory, que também deverá servir de suporte para negócios e eventos com colaboradores da empresa, cuja sede fica em Maranguape. Toda a linha da fabricante já possui cerca de 50 tipos de eletroportáteis. 

O Mulheres do Brasil nasceu em 2013 com a intenção de contribuir em vários segmentos na construção de um País melhor, a partir do protagonismo feminino. O grupo conecta pessoas e atua em causas sociais, políticas e econômicas apoiando projetos existentes e criando iniciativas que promovam a transformação do País. Um dos destaques da noite de lançamento foi a ex-interna do sistema penal cearense, Juliana Cordeiro, que compartilhou sua transformação de vida a partir do apoio recebido pelo grupo e, posteriormente, o emprego na Mallory, onde já é colaboradora por dois anos.

Também se apresentaram os cordelistas Samya Abreu e Tião Simpatia, levando aos presentes mensagens de conscientização sobre a mulher na sociedade e seu valor.

De acordo com Annette de Castro, a nova sede vem para agregar mais ainda com as iniciativas propostas pelo Mulheres do Brasil nacional que está articulando várias ações para esse ano com todos os núcleos espalhados pelo Brasil, incluindo Fortaleza. “Começamos o ano com essa articulação e também com a experiência dos anos anteriores, o que vai gerar mais impacto e resultados positivos. Estamos organizando já a nova caminhada de combate à violência contra a mulher, um projeto que envolve Lei Rouanet para apoio ao artesanato em rendas, novos projetos em educação e cultura de paz”, explica.

Como participar?

Para se cadastrar em âmbito nacional é preciso entrar no site www.grupomulheresdobrasil.org.br, clicar na opção “faça parte”, preencher um formulário de informações e esperar a confirmação de cadastro no grupo para receber as informações a nível nacional. Para participar do núcleo de Fortaleza é importante que acompanhe o instagram @grupomulheresdobrasilfor, que é onde as novas integrantes podem se comunicar para fazer parte. Uma outra maneira é entrar em contato diretamente na sede do Mulheres do Brasil (Salinas Shopping – Av. Washington Soares, nº 909 – Loja 82) ou pelo telefone institucional ; WhatsApp (85) 99256-0128.