EDP registra Lucro Líquido de R$ 1,3 bilhão em 2019

edp
O investimento realizado pela EDP em 2019, no Brasil, foi o maior de sua história, R$ 2,818 bilhões, o que representa um crescimento de 149% na comparação com 2018

A EDP, empresa que atua em todos os segmentos do setor elétrico brasileiro e detém usinas térmicas no Ceará, precisamente no Pecém, registrou Lucro Líquido de R$ 1,337 bilhão em 2019, um aumento de 5,1% em comparação com 2018.

Trata-se do melhor resultado da Companhia em toda a sua história de atuação no Brasil. O Ebtida ajustado (lucro antes de taxas, impostos, depreciação e amortização) somou R$ 2,264 bilhões, uma alta de 8% em relação ao exercício anterior.

Considerando-se apenas o quarto trimestre, o lucro líquido ajustado foi de R$ 315,9 milhões, um aumento de 25,5% em relação ao mesmo intervalo de 2018, e o Ebtida ajustado chegou a R$ 603,9 milhões, uma elevação de 34,3%.

Influências no resultado

O desempenho histórico foi fruto de melhorias operacionais na Distribuição, com destaque para retornos obtidos nas revisões tarifárias; da gestão integrada das geradoras junto com a comercializadora para mitigação do risco energético e da implantação do novo segmento de Transmissão. Paralelamente, o investimento realizado pela EDP no Brasil também foi o maior de sua história, R$ 2,818 bilhões, o que representa um crescimento de 149% na comparação com 2018.

“O ano passado foi marcado pelo aumento da nossa participação em negócios estratégicos para o futuro da Companhia – Redes Reguladas e Soluções de Energia. Com a credibilidade dos resultados alcançados em 2019, estamos confiantes de que iniciamos 2020 preparados para os novos desafios do setor e para seguir numa trajetória de crescimento sustentado”, afirma Miguel Setas, presidente da EDP no Brasil.

EDP no Brasil

Com mais de 20 anos de atuação, a EDP é uma das maiores empresas privadas do setor elétrico a operar em toda a cadeia de valor. A Companhia, que tem mais de 10 mil colaboradores diretos e terceirizados, atua em Transmissão, Comercialização e Serviços de Energia, e possui seis unidades de geração hidrelétrica e uma termelétrica. Em Distribuição, atende cerca de 3,5 milhões de clientes em São Paulo e no Espírito Santo, além de ser a principal acionista da Celesc, em Santa Catarina. No Brasil, é referência em áreas como Inovação, Governança e Sustentabilidade, estando há 14 anos consecutivos no Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da B3.